Diálogos 2015: entrevistas

Entrevista com Helena Mihoko Miyahara.
Helena Miyahara é Presidente do WIAL-Brasil (veja biografia aqui). No seminário Diálogos 2015 estará no Painel GMO convergência das técnicas: o que nos une na busca das transformações necessárias (veja detalhes da programação aqui).


Acompanhe sua entrevista para ficar por dentro dessa importante técnica, o Action Learning.

Conte-nos um pouco sobre sua carreira profissional.

Sou psicóloga com pós-graduação em administração de RH e especialização  em psicodrama e psicologia Junguiana. Tenho formação em biodança,  pratitioner, master e treiner em PNL e Instrutor Outdoor. Também possuo MBA em negócios bancários. Outras especializações são em coaching, em psicologia positiva, em Programa de Gerenciamento Avançado (Advanced Management Program – IESE), certificação em Action Learning e formação em mediação. Atualmente estou cursando pós em neurociência aplicada à educação. Tenho larga experiência em desenvolvimento humano e atuo nos diversos subsistemas de RH. No momento sou presidente da WIAL-Brasil.

 

O que é Action Learning?
Action Learning surgiu como metodologia usada para resolver problemas críticos e complexos. Apresenta como resultado não só a resolução de problemas, mas também o desenvolvimento de líderes e equipes. Essa metodologia tornou-se um processo dinâmico que auxilia as organizações a desafiar o “status quo” e desenvolver estratégias de sucesso criativas e flexíveis, necessárias em um ambiente de negócios complexo, incerto, ambíguo e imprevisível. Podemos afirmar que é uma metodologia poderosa, que cria oportunidades de mudança contínua e constante progresso para que indivíduos, equipes, líderes e organizações se adaptem, aprendam e inovem com sucesso. É um processo que envolve um pequeno grupo/equipe, refletindo e trabalhando em problemas reais, agindo e aprendendo enquanto atuam. O Action Learning foi desenvolvido por Reg Revans, na década de 1950, na Inglaterra. A primeira aplicação foi para resolução de problemas numa mina de carvão. Apesar de ter sido estruturado há algumas décadas é uma metodologia que se mostra muito atual, respondendo aos anseios de desenvolvimento contínuo, compartilhamento de conhecimento, fortalecimento de times e respostas a estes tempos (volátil, incerto, complexo e ambíguo). Esta metodologia pode ser aplicada em diversas áreas da organização, pois o ponto básico é ter um problema, uma equipe, perguntas, estratégias de ação, aprendizagem e um profissional de coach. O coach deve ser um profissional certificado pela WIAL.

 

Qual o papel do Action Learning na Gestão de Mudanças Organizacionais (GMO)?
Action Learning é uma metodologia totalmente alinhada à Gestão de Mudanças Organizacionais, uma vez que trabalha no desenvolvimento de pessoas, melhoria de processos por meio de valorização dos componentes da equipe, estimulando a criatividade, o comprometimento e o protagonismo.

 

Leia as entrevistas de outros palestrantes presentes no seminário Diálogos 2015:
Andressa Miiashiro   Veridiana Rotondaro Pereira   Marco Antonio Oliveira
Renan Silva     Eliane Satie     Marcia Baggio   Ana Maria Rossi

Acompanhe também as entrevistas dos palestrantes na edição de 2014 do seminário:
Lyrian Faria   Cláudia Servulo   Herlon Goelzer de Almeida   Aron Zylberman
Fernando Barros de Sá     Gilvan Righetti   Prof.Dr.Luiz A.Stevanato   Catarina Silveira

 

 

dialogos2015

16 e 17 de setembro
Club Transatlântico – São Paulo – SP

Saiba tudo sobre o seminário e inscreva-se aqui.